Ashton Kutcher e Demi Moore chegaram ontem, 27/01, em São Paulo, para a SPFW. O ator desfila para a Colcci, no domingo (30/01), ao lado Gisele Bündchen, que desfila pela última vez pela Colcci nesta edição da SPFW (ela desfila pela marca desde o inverno de 2005).  Aliás, Gisele está atrelada à semana de moda paulistana desde o seu início, em 1997, e deve ser substituída, na Colcci, por Alessandra Ambrósio, outra top brasileira em destaque no cenário fashion internacional.

No Twitter, Ashton mandou um recado para os fãs brasileiros no Twitter: “Estou pronto para o Brasil. O Brasil está pronto para mim?”.

Paris Hilton também chegou a São Paulo nesta quinta para participar da SPFW. A socialite, que vem ao país pela segunda vez, desfila na sexta-feira pela grife Triton.


Anúncios

Começa amanhã, no prédio da Bienal, a edição do verão 2011 da SPFW, que terá 39 desfiles até a próxima 2a. feira, dia 14/06. Quem abre o evento é a Tufi Duek (não é mais Forum, que volta a ser uma marca em si), e o encerramento fica mais uma vez para o estilista André Lima, que costuma fechar as edições com seus lindos e “grandiosos” vestidos. É em São Paulo que as tendências aparecem de fato (as passarelas do Rio ficaram apenas “amornaram” os ânimos, pura falta de novidade…).

Uma das inspirações de André Lima: a obra "Plasticomplex of Cacophony + Velocity", de Giacomo Balla, de 1914

As principais notícias, por enquanto, são a volta de Gisele Bündchen às passarelas da Colcci, que desfila pela primeira vez depois do nascimento de seu filho Benjamin há 6 meses, ao lado do ator Reynaldo Gianecchini, do domingo (13/06). Outras tops brasileiras presentes serão Michelle Alves, para a grife de moda praia Água de Coco (cuja inspiração serão os Patrimônios da Humanidade da Unesco) e Raquel Zimmermann, para Animale.

Água de Coco e os "Patrimônios da Humanidade no Brasil"

Haverá, ainda, a presença de “celebridades” e tops internacionais, como Paris Hilton para a Triton (na 5a. feira, dia 10), ao lado do ator Jonatas Faro), a tcheca Eva Herzigova pra Adriana Degreas, Chanel Iman para Rosa Chá (que promete “bombar” a Bienal com a presença ao vivo da banda Stop Play Moon).

Inspiração nos anos 70, de Adriana Degreas

Cia Marítima, segundo divulgado, trará 10 grandes nomes pra sua passarela; o time será coroado pela presença da top brasileira Isabeli Fontana, que será exclusiva da marca. Será também a estréia da grife de beachwear de Adriana Degreas na SPFW, além de nomes jovens como os de Fernanda Yamamoto (moda feminina) e João Pimenta (masculina).

Haverá, infelizmente, baixas importantes nesta edição do evento: Huis Clos, e sua segunda marca Maria Garcia, além da Carlota Joakina (segunda marca de Gloria Coelho). E algumas marcas escolheram locações fora da Bienal para montar suas passarelas, caso da Cavalera (que desfila na Casa Panamericana, no Alto de Pinheiros), da Neon (que desfila no Complexo Desportivo Baby Barioni, no bairro da Água Branca, prometendo um desfile com pegada “surfe glam-urbano” na piscina do local), e a Do Estilista, de Marcelo Sommer (também na Água Branca, desta vez na casa noturna Villa Country, em um desfile de sotaque cigano.

O baile de debutante da grife Cavalera, que completa 15 anos!!

Todo mundo já sabe: primeiro dia de SPFW tem Colcci e tem frisson! Mesmo sem Gisele Bündchen e Rodrigo Hilbert, agitou o público trazendo Alessandra Ambrósio, Cauã Reymond e Izabel Goulart, que abriram o desfile e foram recebidos com gritos e aplausos. Com o tema Viajante, a marca, orquestrada pela estilista Jessica Lengyel, mostrou sua coleção ready to wear bem urbana.

Mostrou, o que é a cara da marca: seus jeans, que vieram desgastados ou coloridos. O tricô foi a presença marcante na passarela (aliás, tem sido desde o Fashion Rio), além de de cachecóis, polainas e máxi pulls. Vimos algumas jaquetas e calças em couro, às vezes acompanhado de tachas, mostrando que o estilo rocker continua em alta.

Para compor o tema, a grife desfilou chapéus, camisas xadrezes de mangas compridas e malhas. Para os homens, bermudões largos, de cintura muito baixa. Para as mulheres, saiões rústicos, soltos e  transparentes.  A cartela de cores veio composta por rosa, verde militar (militarismo é tendência!) e cinza; a padronagem da vez foi o xadrez.

 

Mais uma da São Paulo Fashion Week: já que Jesus Luz, namorado de Madonna, não desfila esse ano na Colcci (como já havíamos comentado, ele será exclusivo da Ellus), quem o substituirá será Cauã Reymond.

Aliás, o ator, ao lado da namorada Grazi Massafera, roubou a cena na festa de lançamento da novela “Tempos Modernos”, da Globo, que estreou na última segunda feira. Só para variar, Grazi estava linda, vestia um tomara-que-caia cinza Cris Barros!

Gisele Bündchen, conforme divulgado, não estará no desfile da Colcci na edição de janeiro do São Paulo Fashion Week, já que acabou de dar à luz a um menino, na última 5ª feira. Mas ela deve estar presente virtualmente, por meio de uma transmissão em vídeo, ao vivo!

Baixa na SPFW

25/11/2009

Primeira baixa na São Paulo Fashion Week que desfilará em janeiro o inverno 2010: Gisele Bünchen não irá desfilar pela Colcci, por causa do nascimento de seu filho com Tom Brady, em dezembro.

Foto: City Files

%d blogueiros gostam disto: