A Missoni mostrou nas passarelas uma coleção de inverno super delicada, com cartela em tons pastéis, silhuetas delicadas, e modelos fluídos. A inovação ficou para a estampa príncipe de gales maximizada, que veio fazer companhia ao tradicional zigue-zague da marca. Tudo acompanhado de botas biker em patchwork em camurça ou piton.

Domenico Dolce e Stefano Gabbana podem até ter demorado um pouco para aderir às novas tecnologias, mas estão se esforçando um bocado para tomar a liderança… Antes do desfile, a platéia do Metropol foi convidada a se conectar ao site da empresa e deixar comentários. Esses comentários eram transmitidos ao vivo em telas logo acima da passarela, que estava mostrando imagens dos bastidores, a fila A e o lado de fora do teatro.

Em contraponto ao verão super romântico, Dolce & Gabbana propuseram um inverno que parece ter saído diretamente do guarda-roupa masculino, cheio de looks de alfaiataria. Havia, também, vestidos (ora vaporosos, ora bem colados ao corpo), para quebrar a excessividade masculina da coleção.

A Prada acaba sempre lançando tendências inusitadas em seus desfiles. Por isso mesmo, é sempre uma das grifes mais aguardadas a cada temporada, e não foi diferente em seu show na última quinta-feira, dia 25/02.

Para essa estação, a Prada veio com um styling diferente para as bolsas, carregadas pertinho do peito, colada ao corpo. E isso vale tanto para as deliciosas clutches da grife quanto para as totes!! Para acompanhar, ressuscitou o salto vírgula de seu inverno 2008 e colocou em botas de cano longo e detalhes croco! Aliás, o animal da vez, para a Prada, é o crocodilo, deixando por ora meio de lado as onças, leopardos e cobras.

Miuccia Prada mostrou uma coleção com grande diversidade de materiais: couro, pele e paetês, em casacos estruturados e vestidos. As peles são aplicadas em partes das peças, criando looks bastante diferentes – bem como Miuccia gosta.

Começou, na úlltima quarta-feira, a semana de moda de Milão, a penúltima temporada do calendário internacional – a última é a de Paris, que começa 1º de março. Para quem gosta de acompanhar, desfiles de grifes como Prada, Fendi, Dolce & Gabbana, Giorgio Armani, Missoni, Versace, entre outros, estão sendo acompanhados ao vivo.

Entre as grifes que já desfilaram, a Gucci, que trouxe as cores de pedras preciosas para as passarelas, conforme imprensa internacional: verdes, roxos, vermelhos, laranjas e amarelos dão cor a vestidos super sensuais e looks mais casuais, como pantalonas, camisas e saias de seda. Os pelos de raposa dos casacões poderosos e as penas usadas no styling do desfile também acompanhavam a tendência, ganhando tingimento especial.

Outra que apostou nas cores foi Alberta Ferretti, que trouxe para sua passarela muitos roxos, azuis e vermelhos, em looks de festa e casuais, inclusive looks para o guarda-roupa profissional.

A semana de moda de Londres terminou na última quarta-feira (23/02) e, fazendo um pequeno balanço, deixou um saldo positivo especial para a estilista brasileira Daniella Helayel e sua grife, a Issa, que misturou referências da realeza britânica e o charme tropical, influenciada por uma de suas clientes mais especiais: Kate Middleton, noiva do Príncipe William. E o que ela mais gosta na marca? Dos vestidos de cintura marcada e os tecidos brilhantes, sempre encontrados em seu guarda-roupa. Kate usou um vestido da Issa em sua cerimônia de noivado, um azul acinturado, com mangas compridas, e Daniella está colhendo os frutos dessa exposição tão nobre…

 

Issa

Mas a realeza também esteve presente em outras coleções: Mary Katrantzou (e seus ovos Fabergé), (Christopher Kane e seu vestido “cristalizado”), Mulberry (grife inglesa que deixou a semana de moda de NY para desfilar em Londres…)…

Christopher Kane

Mary Katrantzou

Mulberry

Minha dica para esse final de semana é o Rothko (Rua Wisard, 88, Vila Madalena, Tel.3032 4295), do chef Diego Belda, que apresenta um menu ousado com receitas moderninhas, bem diferente do perfil encontrado na Vila Madalena. Diego, que é também artista plástico, esteve à frente dos finados CB Bar e Casa Belfiori, ambos na Barra Funda, mas resolveu fechá-los para dedicar-se à gastronomia quando passou um ano estagiando em cozinhas na Europa.

A casa é pequena, aconchegante e apresenta decoração agradável, com mesas rústicas de madeira, cadeiras estofadas de tecido listrado, espelhos, quadro negro de giz e muuuitos mini quadrinhos com fotos de tattoos e pessoas estilosas, além de um bonito bar. A luz baixa é complementada por uma ótima trilha sonora, que vai do jazz ao rock.

O cardápio é criativo e apresenta bons resultados. Interessante é que nem tudo é o que parece: para petiscar, por exemplo, há o uramaki, que se trata, na verdade de um enrolado de couve recheado de barriga de porco, e o sashimi de melancia comprimida à vacuo, que é semelhante a fatias cruas de atum e vem escoltado por espuma de gengibre e creme de wassabi.

Uramaki de couve

Entre os pratos principais, o “Porco Bebinho”, uma carne marinada super macia e glaceada em caipirinha, com um toque de mel de laranjeira e acompanhada por banana da terra refogada; há, também, a língua, cozida até ficar bem macia e finalizada na grelha, onde fica ligeiramente crocante, acompanhada de molho de tomate à temperatura ambiente; costela de boi  confit , desfiada, com  canjiquinha, ovo perfeito (cozido a 65ºC por cerca de duas horas;, a gema continua líquida e clara, firme e delicada) e raspas de queijo Serra da Canastra; e o “Porco na Lula, Lula no Porco”, lula estufada com pancetta artesanal, acompanhada de torresminho, tentáculos de polvo empanados e fritos, mandioca crocante e molho frio de tomate. Interessante é que todos os pratos principais podem ser pedidos em versão reduzida, como entrada.

Porco na lula, lula no porco

A sobremesas ficam a cargo de Diana Benevides, que sugere uma pamonha bruleé com compota de frutas vermelhas, sorvete de iorgurte com limão e castanhas-de-cajú glaceadas, sobremesa ousada e deliciosa.

Pamonha bruleé

Jennifer Aniston apareceu com um novo corte de cabelo nesta terça-feira (22/02) a um evento para promover seu novo filme, Esposa de Mentirinha, em Madri, na Espanha. Interessante é que, no dia anterior, a atriz esteve em uma sessão de fotos em Berlim, na Alemanha, ainda de cabelos longos e mais escuros.

Jennifer deu um ar mais moderno ao visual, ela que sempre teve seus cortes de cabelo copiados mundo a fora…

 

Ok, seria impossível classificar a coleção de Basso & Brooke como minimalista. O DNA da marca traz a base maximalista – e ele estava impresso nas estampas. Mas pode-se dizer que a dupla apresentou, para essa temporada, uma coleção despojada de exageros nas linhas e detalhes.

Tirando alguns casacos longos com calças combinando, além de um vestido de gola alta com ares de anos 1970, a coleção teve forte apelo comercial. E belas estampas, para as quais Basso – o printmaker da dupla, foi buscar inspiração no mundo das artes.

Burberry mescla militarismo e a imagem dos anos 1960 com trench coats de cores fortes, vestidos acinturados, saias-tulipa, calças e blusas bem ao estilo do jovem estilista Christopher Bailey. O Trim Coat dominou o show, em que o estilista brincou com a silhueta em cortes, recortes mangas, tecidos e texturas, indo do laranja ao preto, do gabardine ao vison…

Quem acompanhou o desfile da Burberry viu, além da atual coleção na passarela, muitas peças de coleções passadas da marcas, devidamente “desfilada” pelas celebridades, que capricharam para prestigiar a grife! Entre os famosos, Kate Bosworth, Rachel Bilson, Daisy Lowe, Lily Donaldson, Alexa Chung e Samantha Cameron.

Além disso, a fila A esteve super estrelada, com Anna Wintour, Mario Testino e Jamie Hince.

%d blogueiros gostam disto: