A coleção da Burberry, de autoria de Christopher Bailey exaltou artesanato com tressês de ráfia e bordados de contas, num mix de africanismo (light) e tradição londrina. O desfile foi transmitido em tempo real, no que Bailey chamou de “tweetwalk show”, atualizando os internautas ao vivo, via Twitter.

Um coquetel na loja da marca do Iguatemi transmitiu o show, concomitante com outras lojas do mundo, como Nova York e Hong Kong…

Anúncios

Quem acompanhou o desfile da Burberry viu, além da atual coleção na passarela, muitas peças de coleções passadas da marcas, devidamente “desfilada” pelas celebridades, que capricharam para prestigiar a grife! Entre os famosos, Kate Bosworth, Rachel Bilson, Daisy Lowe, Lily Donaldson, Alexa Chung e Samantha Cameron.

Além disso, a fila A esteve super estrelada, com Anna Wintour, Mario Testino e Jamie Hince.

Está aberta a nova loja da Burberry no Shopping Iguatemi. A grife britânica, famosa pelo seu trench coat, trouxe para o Brasil moda masculina e feminina, além de óculos, perfumes, sapatos, bolsas e cachecóis maravilhosos.

A Burberry lançou em outubro um item digno de pertencer a toda e qualquer wish list de produtos de beleza: o Lip Charm, um chaveiro-gloss composto por três cubos metálicos com textura inspirada no tradicional xadrez que representa a marca, feito em bronze, mais especificamente com a estampa da última coleção de produtos de beleza, sendo que em um deles há um gloss na cor nude e um espelho na tampa.

O Lip Charm é criação de Christopher Bailey, que se inspirou nos acessórios ready-to-wear da grife. Custa US$ 85,00 e pode ser comprado pelo site da Nordstrom.

As grifes de alto luxo não param de lançar produtos que levem o prestígio de sua marca para a “massa”. O universo da moda vende mais do que um produto, vende life style, ou seja, vende junto o estilo de vida de quem consome aquela grife. E nada melhor do que produtos de beleza e maquiagem para isso, já que aproxima as meninas apaixonadas por moda da grife que admiram (mas que, convenhamos, na maioria das vezes vende produtos inacessíveis!!!)

Pois meninas, podem se animar: chega em julho a linha de maquiagem da Burberry, com lançamento exclusivo na Harrods (mas terá outros 29 pontos de venda no mundo), que terá blush, pó compacto, bronzer, base líquida, sombras, delineadores, glosses, batons e rímeis, tudo devidamente inspirado nos icônicos trench coats da grife, uma linha com “elegância sem esforço.”, segundo divulgado por Christopher Bailey, diretor criativo da grife.

Serão 96 produtos fixos, mas a grife informou que expandirá a paleta quando sentir necessidade. E tudo seguindo as coleções da Burberry, já que a inspiração surgiu da necessidade de produtos e cores que compusessem perfeitamente os looks desfilados nas passarelas da marca.

A Semana de Moda de Londres estava meio sem graça, sem o glamour de Paris e Milão, até o desfile da Burberry, que trouxe mais pompa ao evento. Na sua apresentação estavam reunidos o melhor da imprensa internacional de moda (inclusive a toda poderosa da Vogue USA, Anna Wintour) e muitas celebridades. Além disso, trouxe a mais avançada tecnologia à semana de moda, com a transmissão ao vivo pela internet e, pela primeira vez no mundo, mostrar um show de moda em 3D, nas cidades de Nova York, Paris, Tóquio e Dubai.

Na última semana de moda nova iorquina, várias marcas já haviam transmitido seus shows pela internet, mas não com todo esse avanço. Aliás, imediatamente todas as peças da coleção da Burberry já estavam à venda na web, para acalmar os consumidores mais afoitos. E essa foi uma coleção que juntou feminilidade e poder, unindo vestidos de renda justos ou soltinhos, sempre com viés sensual, cobertos por lindos casacos e jaquetas de golas bem amplas de inspiração militar. Merecem destaque as botas de cano alto e as bolsas.

Vale ressaltar que a semana de moda continua sendo um ótimo ambiente para grifes jovens, bastante inovadoras e ousadas. Mathew Williamson, Christopher Kane, Peter Pilotto, Vivienne Westwood Red Label e Erdem fizeram boas apostas na passarela: silhuetas mais estruturadas, detalhes mais românticos, florais, muita sensualidade e requinte.

Os brasileiros também marcaram presença em Londres: Bruno Basso (Basso and Brooke), Daniella Helayel (Issa) e Inácio Ribeiro (Clements Ribeiro), e fizeram boas apresentações, em especial a Basso and Brooke, com seu belo trabalho em texturas e estamparia.

Clements Ribeiro

Basso and Brooke

Issa

Christopher Kane

Burberry

A London Fashion Week terminou ontem. O evento, que começou no dia 19/02, com homenagem a Alexander McQueen, aconteceu no Somerset House, onde uma placa foi instalada para que se fixassem mensagens ao estilista. Os desfiles patrocinados pela Topshop aconteceram na Victoria House, e lá 40 iPods foram alimentados com as coleções de McQueen.

Os maiores comentários recaíram sobre Mark Fast. É que ele colocou na passarela modelos mais “cheinhas” do que o usual, inclusive  vestindo roupas justas, coladas no corpo. Ainda mais nesses tempos em que todo mundo falando da magreza excessiva das modelos… Aliás, a Semana de Moda de Milão aberta ontem, 24/02, com a coleção da marca Elena Miró, especializada em tamanhos grandes. A marca vem inaugurando os desfiles italianos desde 2006, quando a modelo brasileira Carolina Reston morreu vítima de anorexia.

Outra que deu o que falar foi a it girl Alice Dellal, que surgiu num longo super esvoaçante, no desfile  apareceu por aí usando um vestido longo, de frente única, esvoaçante, no desfile da estilista anglobrasileira Daniella Heylael, da Issa, que mostrou vestidos ajustados ao corpo, um pouco acima do joelho, casacões, casaquetos matelassados, luvas de couro e ankle boots, bem diferente dos vestidos fluidos e coloridos que  celebridades e figuras do rico jet-set internacional sempre adoraram.

O encerramento, por sua vez, foi função da Burberry. O destaque ficou para uma botona com estampa de cobra, casacos militares e abotoramentos duplos, além de muito drapeado. Tudo devidamente acompanhado por sua estrelada primeira fila, que contava com Kate Hudson, Mary Kate Olsen, Mia Wasikowska e Claire Danes. Mas as grandes estrelas foram as versões de jaquetas de aviador, com forro e gola de pele, que vinham por sobre vestidos ou blusa-e-saia justérrimos, bem sensuais, e botas de cano longuíssimo.

%d blogueiros gostam disto: