Alexandre Herchcovitch acertou de novo em sua 2a. coleção à frente da Rosa Chá, mantendo o ar fetichistra à um beachwear com vários elementos de lingerie. O desfile, por si só, já foi um show, com a banda Stop Play Moon ao vivo.

Para compor suas peças, Alexandre usa vários tecidos, como uma lycra de toque acetinado (parecia um neoprene), como tule e crambraya… As cores eram primordialmente o preto e o nude, mais uma linda estampa de folhas de tinhorão em gaze indiana e um floral num tecido mais estruturado.

Anúncios

Começa amanhã, no prédio da Bienal, a edição do verão 2011 da SPFW, que terá 39 desfiles até a próxima 2a. feira, dia 14/06. Quem abre o evento é a Tufi Duek (não é mais Forum, que volta a ser uma marca em si), e o encerramento fica mais uma vez para o estilista André Lima, que costuma fechar as edições com seus lindos e “grandiosos” vestidos. É em São Paulo que as tendências aparecem de fato (as passarelas do Rio ficaram apenas “amornaram” os ânimos, pura falta de novidade…).

Uma das inspirações de André Lima: a obra "Plasticomplex of Cacophony + Velocity", de Giacomo Balla, de 1914

As principais notícias, por enquanto, são a volta de Gisele Bündchen às passarelas da Colcci, que desfila pela primeira vez depois do nascimento de seu filho Benjamin há 6 meses, ao lado do ator Reynaldo Gianecchini, do domingo (13/06). Outras tops brasileiras presentes serão Michelle Alves, para a grife de moda praia Água de Coco (cuja inspiração serão os Patrimônios da Humanidade da Unesco) e Raquel Zimmermann, para Animale.

Água de Coco e os "Patrimônios da Humanidade no Brasil"

Haverá, ainda, a presença de “celebridades” e tops internacionais, como Paris Hilton para a Triton (na 5a. feira, dia 10), ao lado do ator Jonatas Faro), a tcheca Eva Herzigova pra Adriana Degreas, Chanel Iman para Rosa Chá (que promete “bombar” a Bienal com a presença ao vivo da banda Stop Play Moon).

Inspiração nos anos 70, de Adriana Degreas

Cia Marítima, segundo divulgado, trará 10 grandes nomes pra sua passarela; o time será coroado pela presença da top brasileira Isabeli Fontana, que será exclusiva da marca. Será também a estréia da grife de beachwear de Adriana Degreas na SPFW, além de nomes jovens como os de Fernanda Yamamoto (moda feminina) e João Pimenta (masculina).

Haverá, infelizmente, baixas importantes nesta edição do evento: Huis Clos, e sua segunda marca Maria Garcia, além da Carlota Joakina (segunda marca de Gloria Coelho). E algumas marcas escolheram locações fora da Bienal para montar suas passarelas, caso da Cavalera (que desfila na Casa Panamericana, no Alto de Pinheiros), da Neon (que desfila no Complexo Desportivo Baby Barioni, no bairro da Água Branca, prometendo um desfile com pegada “surfe glam-urbano” na piscina do local), e a Do Estilista, de Marcelo Sommer (também na Água Branca, desta vez na casa noturna Villa Country, em um desfile de sotaque cigano.

O baile de debutante da grife Cavalera, que completa 15 anos!!

Trazendo a top americana Chanel Iman como destaque, Alexandre Herchcovitch estreou à frente da Rosa Chá. Buscou dar uma nova roupagem à marca: roupa de mergulho com ar de lingerie, foi o que mostrou Herchcovitch, dando ar sexy às peças graças às rendas e aos paetês bordados delicadamente.

A coleção compõe-se de maiôs, biquínis e bodies em tons de pele, com estampas de renda, patchwork de tule e uma estampa abstrata do mar, tudo com acabamento super caprichado. Aliás, a renda vem também utilizada como ombreira. As peças apresentam uma infinidade de recortes, apliques,  brilho de cristais. A cintura alta é marcada por um cinto fino em quase todas as peças e a cartela de cores mantém o nude (onipresente no verão 2010), aliado ao rosa chá e lilás clarinho, além do preto.

Além da moda praia (ou lingerie, como queira), a Rosa Chá colocou na passarela vestidos, saias e paletós, enfeitados com nós.

Estrelas da SPFW

04/12/2009

São Paulo receberá, em janeiro, a visita da nº 15 do ranking do site Models.com, Chanel Iman, que desfilará pela Rosa Chá no SPFW – edição inverno 2010.

Foto: para Ralph Lauren

Temperatura subindo, verão chegando… praia, mar, muito sol…

Mas você não precisa esperar seus dias de dolce fare niente para tirar do armário os maiôs! Eles estão invadindo o espaço urbano de tão lindos e sofisticados que ficaram. O design está cada vez mais elaborado, a modelagem mais caprichada, tecidos diferenciados!

Eles são drapeados, construídos por moulage, plissados, milimetricamente arquitetados. Têm ares de couture para Lenny, Água de Coco, Luiza Bonadiman, Adriana Degreas, Jo de Mer. Até a Rosa Chá, agora sob as batutas de Alexandre Herchcovitch, está mais apurada, bem como a Cia. Marítima, que se inspirou em Versace na última coleção.

E como usar? Como adentrar escritórios, restaurantes e baladas? Os maiôs fazem bons pares com pantalonas, saias nos mais diversos comprimentos, shorts, blazers, cardigans…

Mas atenção: o maiô mostra as curvas, delineia o corpo, então é preciso ter bom senso. A peça “cola” no corpo, marca a cintura, tem mil e um recortes diferentes, o que acaba trazendo uma “pegada” sensual à peça. Além dos drapês, que agregam volume ao visual! Ou seja, é preciso que você esteja segura de que o local e a hora em que será usado são coerentes com a peça. E não dá para ter pneuzinhos “pulando”…

Inspire-se!!!

 

 

%d blogueiros gostam disto: