O Glamour Setentista da NY Fashion Week

17/09/2010

A moda que vimos em Nova York na temporada do verão 2011 da fashion week americana, que terminou ontem, mostrando um perfume setentista, uma moda que exalta o estilo de vida da metrópole mais agitada dos Estados Unidos: a própria Nova York!

Quem deu o start foi Marc Jacobs, que exaltou o famoso clube Studio 54, criado em 1977, onde aconteceram festas memoráveis, lotadas pelas celebridades da época. Outras referências foram a atriz Jodie Foster, no filme “Taxi Driver” (1976), os roqueiros ultra-paramentados do New York Dolls e as criações de Yves Saint-Laurent, que brilhava na década de 70. Trouxe para a passarela vestidos esvoaçantes, macacões longos, além das cores dos anos 70, como marrom, roxo, laranja e vermelho, em desfile aberto pela modelo alemã Luisa Blanchin, o rosto mais comentado do momento.

Já as grifes Tommy Hilfinger e Lacoste mostraram o um estilo”esportivo-chique”, típico do Upper East Side: a primeira revisitando o “preppy” (estilo “mauricinho” americano!) e a segunda, bem setentinha, exaltou os looks de veraneio da época (trouxe até as trancinhas de Bo Derek no filme “A Mulher Nota 10”, de 1979). A Tommy, aliás, comemora seus 25 anos, sagrando-se uma das mais importantes representantes do estilo esportivo da moda dos EUA. Seu desfile esteve lotado de celebridades na primeira fila (Jennifer Lopex, Christina Hendricks e Ed Westwick, entre outros).

Jason Wu, estilista queridinho de Michele Obama, veio buscar inspiração no Brasil, mais precisamente na artista Beatriz Milhazes. E aí, enveredando pelo lado brasileiro, teve Carlos Miele, que animou seu desfile com trilha sonora ao vivo de Bebel Gilberto, e não desapontou suas fãs, mantendo seus modelos sexies e com detalhes feitos à mão, e também Alexandre Herchcovitch, novo queridinho de blogueiros como Bryan Boy, considerado um dos mais influentes da web.

Diane Von Furstemberg também exaltou os anos 70, em charmosa coleção, e Carolina Herrera mostrou muito luxo na passarela. Aliás, as coleções foram, em sua maioria, luxuosas interpretações da tendência setentista, bem como do esportivo de luxo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: