210 Diner

Para esse fim de semana resolvi indicar o novo restaurante do chef  Benny Novak, também chef do bem sucedido Ici Bistrô, francês, e do italiano Tappo Tratoria. Trata-se do 210 Diner (R. Pará, 210, Higienópolis – Tel.: 3661-1219), um diner americano, com muitos burgescrab cakes, num ambiente despojado e de muito bom gosto. O salão é aconchegante, bem americano, com aquelas mesas com sofás-divisórias; a cozinha fica nos fundos, e tem ainda uma mesa comunitária. Para quem curte uma boa música, a trilha é ótima, cheia de rock (e, como pede a nova tendência, fica mais alta no banheiro!).

O menu, bastante extenso, traz os clássicos dos diners americanos, desde hambúrguer até mac and cheese, ideal para quando bate aquela fome de final de noite. Bom para os “baladeiros”, já que a idéia é funcionar até bem tarde!  Para começar, peça a Matze Ball Soup, um caldo de frango servido com uma bola de farinha de matzo, super leve, uma típica comfort food. Imperdíveis, também, as Onion Rings, que chegou à mesa com a cebola molinha, empanada em casca super crocante.

matze ball soup

Onion Rings

A escolha do prato principal chega a ser um martírio, tantas são as opções (e todas dão vontade de provar!!!), como o Meatballs Spaguetti, o tradicional espaguete com molho de tomate pelado e almôndegas, o Hot Dog, com mostarda com wasabi, cebola picadinha e folhinhas de repolho, em um pão super macio e com uma salsicha deliciosa, o sanduíche BLT: bacon (crocante e sequinho), alface e tomate…

Meatball Spaguetti

Hot Dog

BLT

Hamburguer com queijo emental

Sobremesa: fique com as tradicionais! Cheesecake, Pecan Pie, Apple Pie com sorvete. Não dá para dispensar.

Cheesecake

Pecan Pie

Apple Pie

Anúncios

Ici Bistrô

Comandando pelo chef Benny Novak (formado na Le Cordon Bleu de Londres e ex- Cantaloup, ex- D.O.M, ex- Namesa e ex- Le Bouchon, de Miami), o Ici Bistrô (R. Pará, 36 – Higienópolis – Telefone: 3257-4064) é o lugar ideal para conhecer alguns clássicos da culinária francesa. E é minha dica para esse fim de semana. O restaurante apresenta a culinária clássica feita com leveza e toques ora modernos, ora orientais. O espaço é aconchegante com decoração charmosa, cheia de espelhos, e conta com um bonito jardim de inverno ao fundo.

 Para a entrada, indico o polvo de pele crocante ao pesto servido de entrada na companhia de feijão-branco e salada. E valem a visita os pratos principais, como a arraia com nhoque parisiense dourado na manteiga e tapenade de azeitona preta e o confit de pato guarnecido de alface frisée e batata frita na própria gordura da ave. Há, ainda, criativas receitas do chef –  que já teve passagens por cozinhas tailandesas -, como o burguer de salmão sobre pasta crocante e molho de manjericão e o filé de namorado em crosta de ervas, palmito pupunha assado e tartare de tomate.

Arraia com nhoque parisiense e tapenade de azeitona preta

Entre as sobremesas, não deixe de provar o pain perdu, irresistível, que combina brioche na calda de baunilha e purê de pera. A boa carta de vinhos, foi elaborada pela sommelière Daniela Bravin e apresenta rótulos de várias nacionalidades.

%d blogueiros gostam disto: