As “it girls” paulistanas adoram os vestidos de tricô coladinhos no corpo a la Hervé Léger da Lolitta. A estilista da marca, Lolita Zurita Hannud (23 anos) viu suas criações se espalharem pelas baladas da cidade, sempre devidamente acompanhadas de bolsinhas Chanel… como il faut.

Antes espalhadas pelas multimarcas de São Paulo, as peças da marca passarão a ter endereço próprio com a inauguração da primeira loja, nos Jardins, na vilinha onde funcionou por anos a loja de Adriana Barra (Rua Peixoto Gomide 1801 casa 5, tel (11) 3061-2471). O espaço, que tem projeto paisagístico assinado por Alex Hanazaki, recebe para um cocktail na próxima quarta-feira (28/04), com Lara Gerin nas pick ups e convidados de Fernanda Barbosa.

Foto: Divulgação

Anúncios

Terminou ontem a semana de moda de Nova York. Nada de muito interessante, a mesmice pairou no gélido ar nova iorquino, sem nada de muito criativo! Mas houve, sim, uma novidade nessa fashion week, só que não exatamente nas passarelas ou nas silhuetas: está na internet, com a utilização de recursos da web e das redes sociais, como Facebook e Twitter.

Os desfiles se uniram ao mundo digital, com um número recorde de grifes transmitindo seus desfiles ao vivo pela rede, permitindo que o mundo todo tivesse acesso às salas de apresentação (o que sempre foi privilégio de poucos – e bons!). Algumas grifes, aliás, apresentaram suas coleções exclusivamente pela internet, reduzindo drasticamente seus custos com o desfile.

Já nas passarelas, um clima um tanto insosso, ainda sob o terror da crise econômica, com exceção de Marc Jacobs, que mostrou uma coleção cheia de despojamento, praticidade e uma boa dose de romantismo, como que unindo o vintage ao contemporâneo.

Marc Jacobs, outono-inverno 2010/11

Algumas coleções vieram super femininas – caso de Diane von Furstenberg, que mostrou uma coleção voltada ao casualwear e Carolina Herrera, com inclinação à alta costura. By the way, as duas abrem suas lojas aqui no Brasil ainda em 2010.

Dois brasileiros mostraram suas coleções em Nova York e fizeram bonito: Alexandre Herchcovitch, com o desfile que mostrou no São Paulo Fashion Week (e que todo mundo amou, porque foi lindo mesmo!!!) e Carlos Miele, que mostrou uma de suas melhores coleções, inspirando-se no construtivismo, cheio de geometrias e cores fortes, mas cheia de glamour, como é sua cara.

Alexandre Herchcovitch, outono-inverno 2010/11

Carlos Miele, outono-inverno 2010/11

Fora isso, não há muitas novidades a destacar, apenas o novo talento Thakoon Panichgul (estilista tailandesa que já vestiu Michele Obama, lembra-se?).

Thakoon

A seguir, um pouco das passarelas:

RVCA outono-inverno 2010/11

L.A.M.B. outono-inverno 2010/11

Jason Wu, outono-inverno 2010/11

Alexander Wang, outono-inverno 2010/11

Victoria Beckham, outono-inverno 2010/11

Rodarte, outono-inverno 2010/11

Hervé Léger, outono- inverno 2011

%d blogueiros gostam disto: