Fernanda Lima criou uma coleção de roupas com seu nome para a grife Cantão. São 62 peças, entre camisetas, vestidos e jeans, todas com palpites da apresentadora.

A apresentação da coleção será na próxima semana, no Manioca (R. Joaquim Antunes, 212), espaço de eventos do qual é sócia.

Veja como foi o terceiro dia de Fashion Rio…

Cantão

Fernanda Lima abriu o desfile da Cantão, deixando de lado a pegada étnica que era sua característica quando Yamê Reis ainda estava à frene da grife (e isso não foi muito bom, a marca perdeu a identidade!).

A nova estilista Renata Simon baseou-se em uma estamparia de céu, além de florais, nos vestidos de forma arredondada e jaquetas esportivas de nylon (com babados nas costas), material que também serviu de base para outras peças – num marinho bem escuro. Um ponto alto foram as bolsas, uma mochila dourada e outra enorme, com estampa floral.

Printing

A mineira Printing desfilou modelos em tecidos como linho, algodão e seda, cobertas por bordados e pedrarias, que são tão caracteríscos da grife. As cartela de cores era discreta, poucas estampas (que não funcionaram muito bem com a profusão de bordados), em formas variadas, com muito tecido e franzidos.

Maria Bonita Extra

A grife continua apostando em suas características tradicionais, que tanto agradam sua cliente, que busca justamente esse perfil na marca: laços, estampas florais e vestidinhos femininos. Também não faltaram os macacões, macaquinhos e shortinhos (usados com blusinhas e batas). A novidade ficou por conta do tradicional trench coat, reinterpretado pela estilista Ana Magalhães de um modo muito feminino: em tafetá changeant bege com dourado, trazia babados nos ombros, ora longos, ora bem curtos (acima da cintura).

Havia, também,  vestidos florais em várias versões e batinhas de tule cor de pele transparentes para se sobrepor a todo o resto…

Ausländer

Com styling de Felipe Veloso, a Ausländer mostrou, como lhe é característico, uma coleção comercial – aquilo que os jovens gostam de usar de fato no dia-a-dia, procurou agradar todos os estilos, todas as tribos, e alçou parcerias que resultaram em peças divertidas, tais como o o maiô em tye die recortado, parceria com a Tryia, ou o paletó de um botão masculino, com flores bordadas na lapela e nos cotovelos.

Mais uma vez viu-se estampa floral, nas calças, bermudas, vestidos e camisas masculinas, e cores como roxo e azul. Outra parceria interessante – dessa vez com Patrícia Viera, bonitas jaquetas de couro, que valiam o espetáculo!! Também eram lindos os bodies de renda, e as camisetas com estampas, a cara do público a que se destina…

Alessa

O tema usado pela Alessa para desenvolver sua coleção de verão 2011 é alquimia, evidenciado nas estampas com cristais místicos. Há muitos vestidos longos plissados, longos, esvoaçantes, com estampa de caleidoscópio, usados por meninas de cabelos frisados, colares de pedras brasileiras e plataformas de madeira. Há, também, vestidos curtos, modernos, com plissados localizados, alguns usados com leggings, e  maiôs de um ombro-só.

Em sua última coleção para a Cantão, após 3 anos como diretora criativa da marca, Yamê Reis (que será substituída provisoriamente por Renata Simon, da equipe de estilo) seguiu sua linha já conhecida do público, nos trazendo suas estampas, cores e ricos bordados. O destaque foi a modelo Fernanda Lima, que abriu e fechou o desfile – na primeira entrada com um vestido bordado de palha twill e, no final, um macacão frente única de malha.

 A coleção de inverno veio baseada numa mistura de tecidos leves com muitas estampas, listas e xadrezes. Desfilaram belos tricôs coloridos em grandes quadrados assimétricos e detalhes de bordados nos ombros, além de vestidinhos curtos, saias com drapeados bordados, blusinhas e batas turcas e macacões.

Mudança de ares…

11/12/2009

Mudanças na Cantão: a estilista Yamê Reis não faz mais parte da equipe de criação da marca, depois de 3 anos ocupando o cargo de diretora de criação.

%d blogueiros gostam disto: