Novidades para 2011

03/01/2011

Segundo pesquisadores e especialistas em comportamento, há diversas – e boas – novidades para o mercado de saúde e bem-estar para o ano de 2011. Aliás, esse segmento vem crescendo ano após ano e se firma no topo da lista de prioridades das pessoas, em diversos níveis da sociedade.

No que diz respeito à beleza, as novidades de cosméticos são muitas – e muito bem vindas!!

Entra em cena o remédio-comida-cosmético! É o fim das fronteiras entre medicamento, comida e cosmético com o surgimento de dietas para melhorar a fertilidade na Europa, como evolução das pílulas para pele e cabelo. Há também os cosméticos multitarefas, como o protetor solar que funciona como creme anticelulite, além dos que chegam em breve: blush que se adapta ao tom da pele e o creme antiolheiraas com bola vibratória que trata o inchaço dos olhos.

Há, também, os cosméticos colaborativos. Marcas internacionais lançaram kits com ingredientes básicos para serem misturados pelo próprio consumidor, dando origem aos cremes personalizados, baseados nos marcadores genéticos do tipo da pele. Isso sem falar no novo objetivo dos cosméticos, que tendem a regenerar ao invés de corrigir sinais, tudo por conta da pesquisa com células-tronco, incutindo no imaginário a idéia de reconstruir algo em laboratório.

E isso é apenas uma amostra do que vem! Há novidades em fitness, inspiradas na academia “Hard Candy Fitness” que a cantora Madonna acaba de abrir no México: a indústria do entretenimento entra no mundo da malhação, com aulas em grupo de danças pré-coreografadas, como a Zumba, que já viraram febre nos EUA e na Europa.

Entre os serviços, uma tendência que vem crescendo nos EUA começa a aparecer por aqui: o “check-up de presente”, uma espécie de “vale saúde” de presente. Também percebe-se que as grandes redes de laboratórios já começam a criar sub-redes para as novas classes médias, uma espécie de “segunda marca” como vemos em grifes da moda.

Finalmente, as novidades na área da medicina em termos de mobilidade (uso de celulares e tablets para o acompanhamento de pacientes à distância), de informação (site Google Body Browser, que mostra imagens do corpo em 3D e o aplicativo Pain Free Back, para iPhone, que ensina exercícios para dor nas costas),  e de individualização (os marcadores genéticos ajudarão a entender como cada um metaboliza os remédios, permitindo a personalização das dosagens). Fora o cuidado desde os primeiros dias de vida, com a análise do DNA para buscar marcadores genéticos, os remédios biológicos e as aplicações mais imediatas das terapias com células-tronco.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: