O melhor e o pior do Oscar

09/03/2010

Vitórias e derrotas a parte, o Oscar é uma grande vitrine para artistas e estilistas. E é também um bom termômetro, já que é possível detectar algumas tendências no red carpet do Oscar: continuamos vendo o nude em alta, alguns tons de cinza, diferentes rendas, dourado… O tomara-que-caia ainda é o queridinho, escolhido por Carey Mulligan e Kristen Stewart, que escolheram seus modelitos pretos, lindos!

O grande vencedor, no entanto, foi o vermelho, mais especificamente o dark rouge, que vestiu várias delas, como Penélope Cruz. Na beauty section, os coques também lá são os vencedores (lembra-se do Fashion Rio e da SPFW?), embora algumas, como Sandra Bullock, vieram de cabelos soltos – acertados e lindos, diga-se de passagem. No quesito make up, bocas nada e bocas tudo, entre nude e magenta viu-se de tudo.

Entre acertos (vários) e erros (muiiiitos!!), veja quem brilhou na noite do último domingo em pleno Red Carpet…

Anúncios

Uma resposta to “O melhor e o pior do Oscar”

  1. Nelsinho Says:

    Bom, quem surpreendeu foi a Demi Moore. Lindíssima. Já a Penelope Cruz continua maravilhosa … nem entra pq amo mesmo se errar na mão … E, finalmente, a Sarah J. Parker com seu estilo descolado, deixando claro q seu vestido era alugado.

    Qto aos homens, não entendo muito as excentricidades do “Homem de Ferro”. Já o George Clooney continua mala. Adorei o ni´vi (sei lá se é assim q se escreve).

    Os apresentadores foram o destaque. Adorei os dois.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: